KL Engenharia


A implementação do Plano de Segurança Hídrica da Paraíba (PSHPB) foi discutida em mais uma missão do Banco Mundial, na Paraíba, no período de 09/05 a 13/05. Faz parte do PSHPB a obra de construção da adutora do Ramal Curimataú, na qual a KL Engenharia atua na supervisão e apoio à fiscalização.

A abertura presencial da missão ocorreu na sede da Cagepa, em João Pessoa, sendo presidida pelo secretário de Estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, e contou com a presença do presidente da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa), Marcos Vinícius; do presidente da Aesa Porfírio Loureiro, e do gerente do Projeto no BM, Alfonso Alvestegui, entre outros técnicos.

A missão foi realizada no formato híbrido e contou com a participação de 40 pessoas, sendo 34 representantes de órgãos estaduais: Seirhma, Cagepa, Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e Controladoria-Geral do Estado (CGE) e 14 técnicos do Banco Mundial. 

A programação contou com visita de campo dos técnicos do estado e do Banco Mundial à obra da adutora do Ramal Curimataú e ao canteiro de obra do Ramal Curimataú; verificando, dentre outras coisas, as salvaguardas ambientais e sociais.

O projeto em questão visa beneficiar toda a população da Paraíba, especialmente as regiões do Cariri e Curimataú, que irão receber água de qualidade por meio do Sistema Adutor Transparaíba.

A KL engenharia tem orgulho de fazer parte desse trabalho e compreende que os impactos positivos reverberarão por muitas gerações, sobretudo na qualidade de vida das pessoas beneficiadas.